Se por um lado o Brasileiro é um povo criativo e ousado, quando o assunto é cuidar do dinheiro ele se mostra bastante conservador, preferindo sempre instituições sólidas.

Essa particularidade do Brasileiro faz com que novas instituições financeiras sejam olhadas com uma certa incredulidade. Casos recentes de bancos que quebraram deixando seus correntistas na mão ainda são vivas na memória do público.

Ao mesmo tempo que não confia nos interesses das grandes instituições financeiras, a solidez dá ao brasileiro a sensação de segurança para cuidar do seu dinheiro. Ganhar dinheiro no país é difícil. Mas perder por uma aposta errada é mais comum do que se imagina.
Projeto Identidade visual
  • Usuários únicos no site
    Feitos de Valores
    239 M
  • Visitas ao site +290 M
  • Downloads do aplicativo +40 M

A procura por instituições mais tradicionais coloca o brasileiro na rota de pouquíssimas marcas no mercado financeiro. Principalmente depois que o banco saiu da agência e foi para o celular.

Hoje, não basta apenas ser tradicional. Tem que ser digital. Hoje, o consumidor quer, além de solidez, facilidade de uso e comodidade. A digitalização dos bancos é um caminho sem volta, seja uma grande instituição ou apenas uma fintech. Mas e quando a instituição não é um banco em si, mas a maior instituição financeira cooperativa do país? O SICOOB tem solidez, mas está distante da digitalização que os outros bancos vem passando.
Projeto
Projeto

Se existe algo que a Moringa pode se orgulhar é da sua capacidade de enxergar as coisas por um prisma diferenteSe os Bancos tradicionais tinham sua história como um diferencial na hora de buscar clientes, o que o SICOOB poderia oferecer para os consumidores? Valores. E isso nada tem a ver com dinheiro. Na verdade, valores são muito mais que dinheiro.

O SICOOB vai muito além de um banco, e ser cliente dele é fazer parte de tudo isso. Com o SICOOB, o cliente é um agente de transformação econômica e social de toda a comunidade. E sabe por que ele assume esse status? Porque no SICOOB, o cliente não é bem um cliente. Ele também é dono.

Criamos a campanha "Somos Feitos de Valores", onde mostramos que o SICOOB não é só uma instituição financeira. É uma empresa com princípios, tais como cooperação, pertencimento, justiça financeira e responsabilidade social. E da qual todo cliente também é dono. Afinal, a Moringa sabia que para brigar de igual para igual com outros bancos, era preciso oferecer algo que só o SICOOB tem.

Colocamos o cliente no centro da experiência, apresentamos as características que só uma cooperativa financeira como o SICOOB pode oferecer, o relacionamento próximo entre instituição e clientes e o mais importante: fizemos questão de mostrar que no SICOOB, todo correntista é um cooperado, ou seja, dono do banco. E se é dono, também tem direito a divisão dos resultados. Quer destino melhor para depositar sua confiança e seu dinheiro do que um Banco que também é seu?

A Moringa transformou um assunto frio como dinheiro e economia e o transformou num tema emotivo, onde as pessoas escolheria o SICOOB pelo coração, mesmo sendo munido de argumentos fortíssimos. Esse é o papel das grandes ideias: subverter a ordem e surpreender o consumidor.

A campanha estreou com pompas no horário nobre da TV aberta, seguido e veiculações na TV fechada, rádios, mídias digitais e um hotsite, onde o público era informado de forma detalhada sobre o SICOOB se suas vantagens. As cooperativas SICOOB em todo o Brasil foram palco de ativações durante os dois meses de campanha, o que contribuiu muito para seu sucesso.

Com a Moringa, o SICOOB deixou a esfera de mera instituição financeira e ganhou o coração do público, que assumiu os valores da marca e passaram a ser agentes transformadores e donos da cooperativa e do seu próprio futuro.